Chacina de Unaí: Crime completará 10 anos sem julgamento de todos os indiciados

Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho (Sinait) prepara grande Ato Público em frente ao Supremo no dia 28 de janeiro e já convida entidades, instituições, parlamentares e autoridades para participar

A Chacina de Unaí completará dez anos no dia 28 de janeiro de 2014. Uma década sem punição total, pois dos nove indiciados por envolvimento no crime, apenas três foram julgados e condenados, em Belo Horizonte (MG), no final de agosto desse ano.

Dos nove indiciados, um morreu em janeiro. Três foram condenados em julgamento realizado em agosto e cinco ainda não foram julgados. Dois deles, Norberto Mânica, acusado de ser mandante do crime, e José Alberto de Castro, entraram com novo recurso no Supremo Tribunal Federal, tentando, mais uma vez, levar o julgamento para a Vara Federal de Unaí. Por conta disso, o ministro Marco Aurélio concedeu liminar no dia 16 de setembro, suspendendo o julgamento deles e de outros réus, que estava marcado para o dia 17, em Belo Horizonte.

No julgamento dos Habeas corpus, no dia 1º de outubro, o ministro Dias Toffoli pediu vista e desde então o julgamento está suspenso, sem data para ser retomado. A votação, por enquanto, está empatada: um voto de Marco Aurélio, a favor da transferência, e outro de Rosa Weber, contra. O ministro Barroso declarou-se suspeito e não vai votar. Faltam Toffoli e Fux. No caso de um empate, o réu é favorecido.

Ato Público

Em razão do quadro atual, o Sinait voltará a fazer uma manifestação em frente ao Supremo Tribunal Federal, no dia 28 de janeiro de 2014. A pressão é pela conclusão do julgamento e pela decisão de realizar o julgamento em Belo Horizonte, uma vez que já há decisão do Superior Tribunal de Justiça nesse sentido e que três réus já foram julgados na capital mineira.

O Sinait está enviando um pré-convite a entidades sindicais, instituições, parlamentares e autoridades, para que participem do Ato Público. Auditores-Fiscais do Trabalho e familiares de Ailton Pereira de Oliveira, Eratóstenes de Almeida Gonsalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva vão pedir, mais uma vez, que a Justiça seja feita!

*Fonte: Sinait

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Atitude & Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s