Em Atalaia (AL), famílias são ameaçadas para que deixem terra pertencente a João Lyra

Grupo João Lyra teve falência decretada e contabiliza dívida em torno de R$ 2,1 bilhões; ex-deputado conta com quase 300 ações judiciais

Da Página do MST

Mais de 150 famílias que vivem na Fazenda Santa Tereza, em Atalaia, na Zona da Mata de Alagoas, estão sofrendo uma série de ameaças para que saiam da área pertencente ao empresário e ex-deputado federal (PSD) João Lyra.

Os trabalhadores e trabalhadoras que vivem no território denunciam que um suposto arrendatário da terra tem circulado e amedrontado as famílias que vivem na área há mais de quatro anos, onde tiram seu sustento a partir da produção de alimentos.

De acordo com relatos dos próprios trabalhadores, homens armados estão ameaçando cotidianamente as famílias e na manhã de hoje (26), vieram com o apoio de uma guarnição da Polícia Militar de Alagoas.

Muitos dos agricultores que hoje vivem na área são antigos trabalhadores e trabalhadoras da Usina pertencente ao Grupo João Lyra na região, que já teve falência decretada, contabilizando uma dívida em torno de R$ 2,1 bilhões a credores, governo federal, estadual e a ex-funcionários.

João Lyra, que já foi considerado um dos deputados federais mais ricos do país, comandava cinco usinas de cana-de-açúcar em Alagoas e Minas Gerais. Hoje, o empresário conta com quase 300 ações judiciais que, em sua maioria, são frutos de ações trabalhistas.

Deixe um comentário

Arquivado em Atitude & Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s