Polícia Federal de Rondônia arquivou inquérito aberto para investigar a liderança indígena

A Polícia Federal (PF) de Rondônia arquivou, ontem (5), o inquérito aberto para investigar a liderança indígena Almir Narayamoga Suruí a pedido da presidência da Fundação Nacional do Índio (Funai)

De acordo com matéria publicada publicada pelo jornalista Rubens Valente, do portal UOL, o relatório final da PF apontou que “não restou evidenciado o dolo de difamar no caso em tela, isso porque o crime em voga requer dolo de dano, consistente na vontade de ofender a honra da vítima”.

O delegado Jorge Florêncio de Oliveira, de Ji-Paraná (RO), afirma no relatório que “Não se vislumbra o crime do indivíduo que age com intenção de narrar fato ou defender direito. As investigações demonstraram que os representantes do Instituto Wãwã Ixotih e Associação Metareilá do Povo Indígena Suruí promoveram campanha com a finalidade de arrecadação de mantimentos para famílias que habitam nas aldeias da Terra Indígena Sete de Setembro, sem a pretensão de macular a reputação da Funai, isto é, o bom conceito que ela desfruta na coletividade”.

O arquivamento do inquérito de Almir foi feito no mesmo dia em que a Justiça Federal decidiu anular a investigação aberta pela PF contra a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e Sonia Guajajara, uma das coordenadoras executivas da organização.

No dia 26 de abril, durante o mês da maior mobilização indígena do Brasil e na semana seguinte à reunião da Cúpula do Clima, a Polícia Federal (PF) intimou Sonia para depor em um inquérito aberto na polícia a mando Funai. O órgão, cuja missão institucional é proteger e promover os direitos dos povos do Brasil, acusa a Apib de difamar o Governo Federal com a websérie “Maracá” (http://bit.ly/SerieMaraca), que denuncia violações de direitos cometidas contra os povos indígenas no contexto da pandemia da Covid-19.

Deixe um comentário

Arquivado em Atitude & Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s